terça-feira, 23 de março de 2010

A teoria paradoxal pinoquiana

Imaginemos que o Pinóquio afirmava o seguinte: "O meu nariz vai crescer agora!"

Se o nariz não crescesse, ele estaria a mentir. Mas o nariz dele cresce quando ele mente, logo o nariz cresceria e estaria então a dizer a verdade.

Só que o nariz dele não cresce quando ele diz a verdade, logo o nariz não poderia crescer e ele estaria a mentir, o que implicaria que estaria a dizer a verdade, já que o nariz cresceria, mas então ele estaria a dizer a verdade.............

6 comentários:

Atena disse...

Realmente!!

Nunca que tinha ocorrido semenhante coisa!!!

:)

Mário Filipe disse...

"Um espectáculo" foi a primeira coisa que me veio à cabeça depois de ver o blog! Ta muito fixe, parabéns ao autor...

Abraço!

Luzinha disse...

nunca tinha pensado nisso...

Bloguótico disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

Estou a estranhar o facto de ainda aqui não ter aparecido um porvável "Anónimo (Pensador)" a refutar esta tua teoria!!! Talvez, por não ser possível fazê-lo... tal é a sua coerência!!

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

Vera disse...

Bem... acho que vou resistir e vir cá novamente, gostei do teu blog...

Secundino O Mítico disse...

Atena - as coisas que reparamos se nos pusermos a filosofar!

Mário Filipe - Muito obrigado :)

Luzinha - mas agora já o fizeste lol

Bloguótico - o anonimo anda a preparar alguma... anda, anda

Vera - obrigado e bem vinda